domingo, 15 de abril de 2012

Em primeiro evento político após anúncio de cura do câncer, Lula não consegue concluir discurso por causa de tosse

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou aos palanques neste sábado (14), durante a inauguração do primeiro CEU (Centro Educacional Unificado) de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Mas o discurso de seu primeiro evento público após o anúncio de que havia se curado de um câncer na laringe, que durou cerca de seis minutos, foi interrompido por uma forte tosse.

TOSSE INTERROMPE DISCURSO

No pouco tempo que conseguiu falar, Lula lembrou de seus feitos pelo ABC, entre eles o de ter trazido universidades federais para a região.

"Se tivesse juízo não falaria neste evento. Mas, confesso que nos próximos 15 ou 20 dias estarei pronto para ajudar a eleger o companheiro [pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo Fernando] Haddad", disse Lula, que também dedicou parte de seu discurso para elogiar a presidente Dilma Rousseff.

Haddad foi o nome escolhido por Lula para a disputa da eleição municipal paulistana, mas que tem encontrado dificuldade em decolar nas pesquisas.

Em seu discurso,o ex-ministro da Educação fez ataques indiretos ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ao dizer que antes de Lula "nenhum doutor investiu tanto em educação".

"Precisou chegar alguém que não teve oportunidade para que todos pudessem ter acesso à educação", disse o ex-ministro, que liberou, quando estava no cargo, os recursos para a construção do CEU.

Haddad foi o primeiro a chegar, por volta das 9h30. O evento estava marcado para às 10h, mas só teve início às 11h10.

O CEU, com capacidade para atender 5.168 alunos, é uma bandeira petista e foi implantada em São Paulo pela ex-prefeita da capital Marta Suplicy (2001-2004), que também compareceu ao evento.

"Eu e Lula estaremos com Haddad para colocar um fim a mediocridade na cidade de São Paulo", disse Marta, que desistiu da corrida eleitoral da capital paulista a pedido do ex-presidente.

Ela disse ainda que o ex-ministro da Educação tem uma "grande responsabilidade" que a de "retomar o programa petista em São Paulo".

A inauguração do CEU teve palanque, telões -que transmitiram propaganda da Prefeitura de São Bernardo, cujo prefeito Luiz Marinho (PT) é candidato à reeleição- e shows artísticos.

Além de Lula, Marinho, Marta e Haddad, participaram do evento o senador Eduardo Suplicy (PT) e políticos de cidades vizinhas a São Bernardo do Campo.

O CEU leva o nome de Regina Rocco Casa, mãe da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

A obra --orçada em R$ 56,7 milhões-- começou em dezembro de 2010 e ainda não está terminada. Os recursos são da Prefeitura de São Bernardo do Campo e da União.


FONTE: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário