sábado, 14 de abril de 2012

Petrolândia deve ganhar uma fábrica extratora de água de coco no próximo mês

Os produtores de coco em Petrolândia (PE), no sertão de Itaparica, estão rindo à toa. A boa nova fica por conta de que o município vai ganhar uma fábrica extratora de água de coco, que consumirá quase 1 milhão de frutos por mês oriundos da produção dos perímetros irrigados do município e região.

Para atender a demanda, a Codevasf e a Chesf estão oferecendo assistência técnica aos produtores. A inauguração do empreendimento deverá acontecer assim que forem testadas as máquinas para processamento, previstas para maio deste ano.

A fábrica vai beneficiar cerca de 700 produtores de coco, que poderão comercializar sua produção diretamente para a empresa. Atualmente são comercializados 64 mil cocos por dia no município, totalizando 15 milhões de frutos por ano e gerando 3,8 milhões/ano de renda para os agricultores. Estima-se que até 2014 a produção poderá chegar a 23 milhões de unidades de coco por ano.

O município de Petrolândia hoje possui mais 1.300 hectares cultivados de coco, sendo intitulada pelo governador Eduardo Campos como a capital pernambucana do coco, ultrapassando inclusive a área plantada em Petrolina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário